subject
Pedagogia, 13.03.2019 17:54 santosmanuele19

Um dos casos mais emblemáticos de diz respeito às as pessoas em situação de abo​

Respostas
Respostas: 1

Outra pergunta: Pedagogia

question
Pedagogia, 14.08.2019 23:56
Os textos artísticos se valem da língua portuguesa de forma mais aberta e livre, dependendo de seus propósitos. por isso, nem sempre utilizam as regras da norma padrão gramatical da língua. na letra da canção, há situações em que o pronome oblíquo “te” é utilizado. pensando em uma situação de uso formal da língua, posicione-se sobre cada um dos usos do pronome no refrão da canção e se há falta deles. no refrão da canção de samuel rosa, o primeiro verso apresenta inadequação quanto à norma padrão gramatical da língua, pois não se inicia a oração com pronome oblíquo átono. a forma adequada, porém nada sonora, é “ver-te”. o segundo uso do pronome oblíquo está adequado, uma vez que o advérbio de negação “não” atrai o pronome. no terceiro verso, o uso pronome é o mesmo do primeiro verso, havendo mudança, contudo, na forma verbal. ainda no terceiro verso, o verbo esquecer é transitivo direto, exigindo, por isso, um objeto direto como complemento. esse objeto não é citado no verso. para a adequação da oração conforme uma situação formal de escrita, seria acrescentado o pronome “te” antes de “esquecer” com a finalidade de que ele supra a necessidade de complementação do verbo. é importante destacar que esta é uma reflexão sobre os usos formais da língua portuguesa. em um contexto artístico, não há necessidade de adequação da linguagem ao registro forma.
Respostas: 3
question
Pedagogia, 15.08.2019 05:40
Quais as "tendencias" de ensino-aprendizagem adotadas no brasil atualmente ?
Respostas: 3
question
Pedagogia, 15.08.2019 01:58
Estudos de fitts e posner (1967) indicam que a aprendizagem apresenta três fases, cada uma com características peculiares: i- é a fase na qual um novo conceito, conhecimento ou habilidade se incorpora inserindo o sujeito numa mais ampla compreensão de certo assunto. agora a repetição é automática. ii- o treino, o fazer e voltar a fazer são as marcas dessa fase. o elemento forte é a concentração que está focada no aperfeiçoamento de certo padrão. requer muito empenho e trabalho ativo para atingir maior compreensão sobre o assunto, conhecimento ou habilidade. iii- é a fase que requer muita atenção e o funcionamento simultâneo de várias atividades cognitivas para então desenvolver uma série de estratégias com a finalidade de executar a ação. as fases indicadas nas características acima são, respectivamente: alternativas: a) fase autônoma — fase de domínio ou de aprendizagem associativa — fase cognitiva. alternativa assinalada b) fase autônoma — fase cognitiva — fase de domínio ou de aprendizagem associativa. c) fase cognitiva — fase autônoma — fase do letramento. d) fase da alfabetização — fase do letramento — fase do alfabetizar letrando. e) fase de domínio ou de aprendizagem associativa — fase cognitiva — fase autônoma.
Respostas: 2
question
Pedagogia, 15.08.2019 01:41
“procedei do conhecido para o desconhecido; do particular para o geral; do concreto para o abstrato; do mais simples para o mais complicado” (pestalozzi). da afirmação podemos entender que: o professor deve atender ao programa de ensino. o professor deve considerar o interesse do aluno. o professor deve transmitir o conteúdo sem contextualizar com a realidade da criança. o professor deve considerar as experiências da criança para apresentar conceitos novos. o professor não deve considerar as experiências da criança para apresentar conceitos novos.
Respostas: 1
Você sabe a resposta certa?
Um dos casos mais emblemáticos de diz respeito às as pessoas em situação de abo​...
Perguntas
question
História, 30.04.2020 22:47
question
Geografia, 30.04.2020 22:47
question
Matemática, 30.04.2020 22:47