subject
Português, 09.11.2018 19:51 jvskateboard

Do taquaral à sombra, em solitária furna, para onde, com tristeza, o olhar, curioso, alongo, sonha o negro, talvez, na solidão noturna, com os límpidos areais das solidões do ouve-lhe a noite a voz nostálgica e soturna, num suspiro de amor, num murmurejo e o rouco, surdo som, zumbindo na cafurna, é o urucungo a gemer na cadência do bendito sejas tu, a quem, certo, devemos a grandeza real de tudo quanto temos! sonha em paz! sê feliz! e que eu fique de joelhos, sob o fúlgido céu, a relembrar, magoado, que os frutos do café são glóbulos vermelhos do sangue que escorreu do negro escravizado o narrador aparece no poema? justifique

Respostas
Respostas: 1

Outra pergunta: Português

question
Português, 15.08.2019 01:08
Por favor fasao um texto falando sobre a lei maria da penha por favorzinho​
Respostas: 1
question
Português, 15.08.2019 01:07
Converse com o professor e os colegas e levante hipóteses: qual é a função, no texto, de expressões como é necessário , é importante , aconselha-se , deverá, entre outras ? por favooorrr​
Respostas: 1
question
Português, 15.08.2019 01:04
Texto com o tema o lugar onde eu vivo : araponga -mg​
Respostas: 2
question
Português, 15.08.2019 01:03
Descreva e explique a carta de caminha ​
Respostas: 2
Você sabe a resposta certa?
Do taquaral à sombra, em solitária furna, para onde, com tristeza, o olhar, curioso, alongo, sonha o...
Perguntas
question
Matemática, 19.08.2018 20:35
question
Filosofia, 17.09.2018 04:32
question
Química, 11.04.2018 15:07
question
Português, 08.08.2018 06:41
Perguntas no site: 14897016