subject
Português, 28.07.2020 15:14 pohameeeeu

O BILHETE DE AMOR Logo que colocou os objetos embaixo da carteira Pitu encontrou o bilhete. Leu, ficou

vermelho, colocou no bolso, não mostrou pra ninguém. De vez em quando, mordia-lhe uma

curiosidade grande, uma vontade de reler pra ter certeza. Era uma revelação que ele não estava

esperando. Não podia dizer que estivesse achando ruim, pelo contrário... ele estava com vontade

de olhar pra trás, para procurar uma resposta com o olhar. Era um tímido e não encorajava. A

professora explicava num mapa as regiões do Brasil e ele viajava num rumo diferente. Ainda bem que ela não estava olhando para ele, nem fazendo perguntas, só estava

expondo a matéria. Na hora da verificação, acabaria saindo-se mal. Não gostava de ignorar as

coisas perguntadas. Estava meio perdido nos pensamentos confusos. O bilhete queimando no

bolso. Interessante, não era um bilhete bem escrito, tinha até erro de Português – porque a

curiosidade? Só ele sabia dele, não foi como no dia do correio-elegante, pai, mãe e seu Francisco

do armazém querendo saber, dando palpites, agora, tinha um bilhete que trazia uma declaração

de amor e uma assinatura. Trazia mais: um convite para um bate-papo na praça, às duas horas,

se ele quisesse namorar de verdade.

Marina era bonitinha, ele queria. Faltava-lhe jeito de dizer, tinha que escrever um bilhete

respondendo, era mais fácil. No intervalo, escreveu o bilhete, fechado no banheiro.

Quando ela chegou, a resposta esperava na carteira. Quase no fim da aula, ele criou força

e olhou para trás. Marina sorria, confirmando. Ele sorria também. Os dois estavam vivendo uma

ternura primeira e não sabiam escondê-la mais. Tanto assim que a professora pediu que ele

virasse para frente, observasse o que ela estava pedindo pra pesquisa do fim de semana.

Naquele fim de semana, ele iria pesquisar alguma coisa nova que não tinha experimentado, como

alguns outros da sua idade e turma

a) Agora, responda qual é o tipo de narrador do texto lido. Justifique sua resposta.

.

b) Temos no texto, um narrador-observador, por isso os verbos aparecem na 3ª pessoa do

singular – colocou, encontrou, ficou etc. Admitamos que Pitu fosse o personagem-narrador

dessa história, isto é, que ele estivesse contando uma história da qual esse é também

personagem. Nesse caso, os verbos devem aparecer na primeira pessoa.

Reescreva, então, este trecho inicial do texto, tendo Pitu como personagem-narrador:

"Logo que colocou os objetos embaixo da carteira, Pitu encontrou o bilhete. Leu, ficou vermelho,

colocou no bolso, não mostrou pra ninguém. De vez em quando, mordia-lhe uma curiosidade

grande..."

​​

Respostas
Respostas: 3

Outra pergunta: Português

question
Português, 15.08.2019 00:46
Quais situações a tecnologia não pode reproduzir​
Respostas: 2
question
Português, 15.08.2019 00:21
Como fazer um texto dissertativo argumentativo sobre" onde quer que se encontra faça oq é certo"
Respostas: 1
question
Português, 15.08.2019 00:04
Crie um texto de no mínimo 17 linhas com estas palavras: direitos, participação, fraternidade, justiça social, igualdade,protagonismo, solidariedade,bem comum, responsabilidade
Respostas: 1
question
Português, 15.08.2019 05:32
Releia algumas frases do texto: "o pai então bolou um plano."; "mas o meninão pegou uma serpente com cada mão" "foi um show" as palavras destacadas são gírias e costumam ser empregadas em textos informais sabendo disso responda: a que faixa etária de leitor o autor provavelmente que atingir ?
Respostas: 2
Você sabe a resposta certa?
O BILHETE DE AMOR Logo que colocou os objetos embaixo da carteira Pitu encontrou o bilhete. Leu, fi...
Perguntas
question
ENEM, 06.05.2020 19:22
question
Matemática, 06.05.2020 19:22
question
Matemática, 06.05.2020 19:22
question
Sociologia, 06.05.2020 19:22
question
Geografia, 06.05.2020 19:22
question
Sociologia, 06.05.2020 19:22