subject
Português, 09.04.2021 06:20 ivansouza63

Urgente pra agora O descobridor das coisas
A gente vinha de mãos dadas, sem pressa de nada pela rua. Totoca vinha me ensinando
a vida. E eu estava muito contente porque meu irmão mais velho estava me dando a mão e
ensinando as coisas. Mas ensinando as coisas fora de casa. Porque em casa eu aprendia des-
cobrindo sozinho e fazendo sozinho, fazia errado e fazendo errado acabava sempre tomando
umas palmadas. Até bem pouco tempo ninguém me batia. Mas depois descobriram as coisas
e vivem dizendo que eu era o cão, [...] gato ruço de mau pelo. Não queria saber disso. Se não
estivesse na rua, eu começava a cantar. Cantar era bonito. Totoca sabia fazer outra coisa além
de cantar, assobiar. Mas eu por mais que imitasse, não saía nada. Ele me animou dizendo que
era assim mesmo, que eu ainda não tinha boca de soprador. Mas como eu não podia cantar por
fora, fui cantando por dentro. Aquilo era esquisito, mas se tornava muito gostoso. E eu estava me
lembrando de uma música que Mamãe cantava quando eu era bem pequenininho. Ela ficava
no tanque, com um pano amarrado na cabeça para tapar o sol. Tinha um avental amarrado na
barriga e ficava horas e horas metendo a mão na água, fazendo sabão virar muita espuma.
Depois torcia a roupa e ia até a corda. Prendia tudo na corda e suspendia o bambu. Ela fazia
igualzinho com todas as roupas. Estava lavando a roupa da casa do Dr. Faulhaber para ajudar
nas despesas da casa. Mamãe era alta, magra, mas muito bonita. Tinha uma cor bem queimada
e os cabelos pretos e lisos. Quando ela deixava os cabelos sem prender, dava até na cintura.
Mas bonito era quando ela cantava e eu ficava junto aprendendo. [...]
Totoca me deu um puxão. Eu acordei.
— Que é que você tem, Zezé?
— Então eu devo estar ficando surdo.
Será que ele não sabia que se podia cantar para dentro? Fiquei calado. Se não sabia, eu não
ensinava.
Tínhamos chegado à beira da Estrada Rio-São Paulo.
Passava tudo nela. Caminhão, automóvel, carroça e bicicleta.
— Olhe, Zezé, isso é importante. A gente primeiro olha bem. Olha para um lado e para
outro. Agora.
Atravessamos correndo a estrada.
— Teve medo?
Bem que tive, mas fiz não com a cabeça.
— Nós vamos atravessar de novo juntos. Depois quero ver se você aprendeu.
Voltamos.
— Agora você sozinho. Nada de medo que você está ficando um homenzinho.
Meu coração acelerou.
— Agora. Vai.
Meti o pé e quase não respirava. Esperei um pedaço e ele deu o sinal para que eu voltasse.
— Pela primeira vez, você foi muito bem. Mas esqueceu uma coisa. Tem que olhar para
os dois lados para ver se vem carro. Nem toda hora eu vou ficar aqui para lhe dar o sinal. Na
volta, a gente treina mais. [...]
Sobre o que o texto apresentado trata?

Respostas
Respostas: 3

Outra pergunta: Português

question
Português, 15.08.2019 00:46
Quais situações a tecnologia não pode reproduzir​
Respostas: 2
question
Português, 15.08.2019 00:45
O grilo falante não sabe conversa com os meninos quando ele​
Respostas: 1
question
Português, 15.08.2019 00:30
Uma lingua sempre apresenta variações,uma vez que pode ser influenciada por varios fatores que pode influencia-la, está relacionado ao lugar de nascimento, grau de contato com a cultura e circulo social. estamos destacando o fator: a) tempo b)indivíduo c) espaço d)vida e)pessoal
Respostas: 1
question
Português, 15.08.2019 00:10
As regras sobre divisão de herança no brasil estão descritos no código civil essa lei diz que a herança é composta por duas partes parte disponível corresponde a 50% do valor da herança deve ser dividida entre os chamados herdeiros necessários filhos e conjugue de tal forma que todos esses recebem a mesma quantia parte disponível correspondente aos 50% da herança e pode ser dividida de maneira livre uma mãe e seus três filhos receberam uma herança de 4426 se um um dos filhos é deixado 40% da parte disponível além de sua parte disponível determine a quantidade de calor recebida​
Respostas: 3
Você sabe a resposta certa?
Urgente pra agora O descobridor das coisas
A gente vinha de mãos dadas, sem pressa de nada pe...
Perguntas
question
Português, 11.06.2021 09:50