subject
Psicologia, 02.03.2021 05:10 Shaday007

História de Vida C. veio à Consulta Externa de Stress da Clínica Psiquiátrica dos H. U.C. encaminhada pela Dra. Célia Oliveira, que a seguiu em acompanhamento psicológico na Maternidade Daniel de Matos há cerca de um ano e meio, durante a gravidez do seu segundo filho. A paciente apresentou-se na consulta acompanhada pelo marido, embora este não tenha estado presente na mesma. C. manteve postura uma corporal normal e um contacto visual adequado, demonstrando igualmente um tom de voz adequado e um discurso coerente. Quando questionada acerca do motivo pelo qual vem à consulta, a paciente afirma que veio por indicação da Dra. Célia, apesar de considerar que atualmente não existe “nada de muito significativo”. Refere ainda que o acompanhamento durante a gravidez ficou a deve, r ao fato de estar “deprimida”, motivo pelo qual a médica de família a encaminhou para as consultas na Maternidade. C. encontra-se medicada com Prozac, um comprimido por dia. Dificuldades Atuais A paciente aponta como principal área de dificuldades o fato de não se “sentir à vontade para ir a cafés ou a festas”. Refere que nunca vai a cafés sozinha e apenas vai à festa da terra, porque “parece mal não ir e o meu marido quer que eu vá”, afirmando que nessas ocasiões fica “muito ansiosa” sentindo receio de não se comportar adequadamente ou de ser desajeitada e, por tal razão, chamar a atenção levando a que a critiquem e avaliem. Acrescenta ainda que, nas situações sociais, os outros reparam em si porque “sou diferente”, sentindo, por isso, receio que as pessoas tenham pena de si. Ao descrever uma das últimas vezes que tinha ido ao café, C. afirma que, antes de entrar no café, sentiu algum desconforto devido ao seguinte pensamento ocorrido em forma de imagem: “Na minha cabeça visualizei-me a entrar no café e vi que todos estavam a olhar para mim”, acrescentando que, assim que entrou, tentou não olhar ao seu redor “para não chamar a atenção”. Durante a sua estada no café, a doente refere ter tido os seguintes pensamentos: “Sou uma coitada”, “Sou uma infeliz”, “Não sei me comportar”, “Estão todos a olhar para mim”, “As pessoas têm pena de mim”. De imediato, sentiu-se triste e inferior, começando a tremer ligeiramente as mãos e ficando com ligeira taquicardia, desejando sair do local o mais rapidamente possível. A paciente menciona que, sempre que se encontra em locais públicos, sente desconforto e receia que as pessoas a avaliem negativamente, fato que a leva a ficar o menos tempo possível nesses locais. Contudo, reconhece que no seu comportamento não há nada de “anormal” que leve as pessoas a pensar isso. C. relata que começa a ficar ansiosa ainda antes de entrar na situação, pois durante o caminho para o café já começa a imaginar como será e o que irá acontecer - por exemplo, quem lá estará, se irão arranjar mesa para ficar, etc. Habitualmente, também analisa a situação e o que se passou durante o tempo que esteve no café. Depois de sair do café, é frequente pensar: “Porque é que eu disse aquilo?”, “Não devia ter respondido assim”, “Não devia ter dito aquilo”, revendo mentalmente toda a situação. Fonte: https://ubibliorum. ubi. pt/bitstream/10400.6/2559/5/Anexo%2 0II%20-%20Casos%20Cl%C3%ADnicos. pdf Acessado em: 22/02/2021 Segundo o caso acima e os segmentos em Psicologia da Educação, qual seria a abordagem que se adequa a situação acima? Por quê?

Respostas
Respostas: 2

Outra pergunta: Psicologia

question
Psicologia, 16.08.2019 14:39
Oque podemos afirmar sobre os dados de aleitamento materno da pesquisa de aleitamento materno de 1999?
Respostas: 2
question
Psicologia, 17.08.2019 03:06
Oprofissional da área de psicologia serve de guia pelos caminhos tortuosos da vida, tendo em vista que ele pode ajudar pessoas a lidar com seus problemas passados para que eles não venham mais o assombrar. dessa forma, será possível que os indivíduos possam enfrentar os problemas da vida com mais firmeza e segurança, e adquirir maior conhecimento sobre si mesmo. principalmente quando se pensa no ambiente atual de tanta competitividade e pressão. disponível em: . acesso em: 16 jun. 19. (adaptado). com base no texto apresentado e no conteúdo estudado, analise as afirmativas a seguir e assinale f para falso e v para verdadeiro: i. o principal objetivo da psicologia é promover o estudo científico do comportamento e dos processos mentais, que podem afetar diretamente a vida das pessoas, sendo esse um elemento importante na gestão de pessoas. ii. essa ciência pode ajudar, tendo em vista que ela estuda o que as pessoas fazem, seus pensamentos, suas emoções, percepções, seus processos de raciocínio, suas lembranças e também o aspecto biológico do corpo. iii. o profissional da área de psicologia vai descrever o comportamento das pessoas, e assim, vir a determinar de forma precisa o que deverá ser feito pelo indivíduo de forma que seja corrigido os erros passados. as afirmações i, ii e iii são, respectivamente:
Respostas: 1
question
Psicologia, 17.08.2019 05:23
Ao tocar um instrumento musical, nas primeiras vezes a motricidade fina é bastante precária e o movimento é realizado lentamente com considerável custo cognitivo. assinale a alternativa que apresenta as vias motoras responsáveis pela automação dos padrões motores finos após o treino:
Respostas: 3
question
Psicologia, 18.08.2019 01:48
Oi, tenho que fazer um trabalho sobre a sistemática da religião e não consigo encontrar algo concreto sobre ela, será que poderia me dar uma base sobre isso?
Respostas: 2
Você sabe a resposta certa?
História de Vida C. veio à Consulta Externa de Stress da Clínica Psiquiátrica dos H. U.C. encaminhad...
Perguntas
question
História, 12.05.2020 23:37
question
Ed. Física, 12.05.2020 23:37
question
Matemática, 12.05.2020 23:37
question
Física, 12.05.2020 23:37