subject
Sociologia, 15.12.2019 01:58 michaeldouglas963696

Sobre um paralelepípedo de granito de massa m=900 kg apoiado sobre um terreno plano horizontal.​

Respostas
Respostas: 1

Outra pergunta: Sociologia

question
Sociologia, 17.09.2019 00:41
Oque entendemos por distribuição dos indivíduos e grupos em camadas hierarquicamente superpostas dentro de uma sociedade essa distribuição se dá pela posição social dos indivíduos das atividades que eles acessem e dos papéis que se desempenham na estrutura social é essa descrição denominamos de: a)classe socialb)mobilidade socialc) estratificação social d)divisão social
Respostas: 3
question
Sociologia, 17.09.2019 00:45
Preciso de um resumo dessa parte. crescimentos paralelos das telecomunicações e do transporte o desenvolvimento da telefonia levou a uma diminuição dos contatos face a face e a uma recessão dos transportes? não, muito pelo contrário. devemos repetir que o desenvolvimento do telefone e do automóvel se deram em paralelo e não em detrimento um do outro. quanto mais telefones eram instalados, mais crescia o tráfego urbano. é verdade que existe uma relação de substituição já que, se a rede telefônica entrasse em pane na sua cidade, você veria provavelmente uma multiplicação e um prolongamento dos engarrafamentos. contudo, a tendência histórica maior é a do crescimento simultâneo dos instrumentos de telecomunicação e de transporte. mesmo em uma escala mais detalhada, há estudos sociológicos que mostram que as pessoas que recebem e fazem mais chamadas telefônicas são também aquelas que se deslocam muito e que mantêm numerosos contatos diretos. esses estudos confirmam nossa apreensão intuitiva do mundo que nos cerca. pousado sobre a toalha de crochê, o telefone de uma pessoa idosa, , de mobilidade reduzida, não toca muito. por outro lado, os homens de negócios, sempre em deslocamento, pulando de um compromisso a outro, freqüentemente estão com seus celulares à orelha, dentro de um táxi, no saguão do aeroporto, em uma esquina. o fato de o celular ter obtido tanto sucesso mostra de forma expressiva que a telecomunicação e o deslocamento físico estão unidos. não temos ainda, para o ciberespaço, estatísticas tão abundantes 217 quanto as que temos para as telecomunicações clássicas. juntemos, então, os índices disponíveis. os usuários do ciberespaço são em sua maioria pessoas jovens, com diploma universitário, vivendo em cidades, estudantes, professores, pesquisadores, trabalhando geralmente em áreas científicas, de alta tecnologia, negócios ou arte contemporânea. ora, esse tipo de população é justamente uma das mais móveis e mais sociáveis. o usuário típico da internet (que, por sinal, é cada vez mais frequentemente uma usuária) corre de uma conferência internacional para outra e freqüenta assiduamente uma ou mais comunidades profissionais. minha experiência profissional e a dos cibernautas que conheço confirmam amplamente essa hipótese. aqueles que mantêm uma correspondência eletrônica abundante e surfam frequentemente na web são os mesmos que viajam e encontram pessoas. são preparados colóquios, reuniões ou exposições "físicas" com as ferramentas disponíveis na internet. os seminários continuam nas conferências eletrônicas. as turmas conectadas à internet são aquelas que mais gostam das excursões fora da . temos que reconhecer que há alguns viciados na internet que passam noites em frente a seu computador, jogando rpgs na rede, participando de discussões online ou surfando interminavelmente de página em página. essas exceções confirmam a regra da não substituição . a imagem do homemterminal cujo espaço foi abolido, imóvel, grudado à sua tela, não é mais do que um fantasma ditado pelo medo e pela incompreensão dos fenômenos em andamento de desterritorialização, de universalização e de aumento geral das relações e contatos de todos os tipos. a hipótese da substituição pura e simples contradiz o conjunto de estudos empíricos e das estatísticas disponíveis64. é triste constatar que os cinco últimos livros de um pensador como paul virilio giram em torno de um fantasma que a simples observação daquilo que nos cerca mostra ser irremediavelmente falso. na mesma linha de pensamento, não é mais um profeta do mau agouro, mas um sorridente especialista do marketing da pesquisa hitech, dessa vez negroponte, que anuncia em seu 64 ver mariehélène massot, transport e télécommunications, paris, inretsparadigme, 1995. a obra traz uma análise bibliográfica completa e internacional sobre a questão das relações entre teleatividades e mobilidade. 218 livro o homem digital "a passagem dos átomos para os bits"65, em outras palavras, a substituição da matéria pela informação, ou do real pelo virtual. na esfera econômica, basta dizer que o comércio internacional não pára de aumentar em tonelagem (e portanto em átomos! ) nos últimos quinze anos, apesar da revolução das telecomunicações e do ciberespaço. se negroponte tivesse defendido que o controle das informações ou das competências estratégicas, ou a capacidade de processar e de difundir eficazmente os dados digitais, governa atualmente a produção e a distribuição dos produtos materiais, eu teria concordado. mas a passagem dos átomos aos bits é uma simplificação tão ultrajante que é da ordem do absurdo.
Respostas: 3
question
Sociologia, 16.09.2019 23:31
Aexpressão usada para se referir ao uso de símbolos e elementos específicos de uma cultura por um grupo social diferente é apropriação alternativas: a) intelectual. b) crítica. c) social. d) funcional. e) cultural.
Respostas: 1
question
Sociologia, 16.09.2019 23:50
Quando ocorre a omissão de socorro? ​
Respostas: 1
Você sabe a resposta certa?
Sobre um paralelepípedo de granito de massa m=900 kg apoiado sobre um terreno plano horizontal.​...
Perguntas
question
Administração, 23.05.2020 01:46
question
Português, 23.05.2020 01:46
question
Matemática, 23.05.2020 01:46
question
Matemática, 23.05.2020 01:46
Perguntas no site: 13503269